alicerces de palha

que gostoso não ter respostas nem explicações
que gostoso não saber o nome desta rua
nem aonde meus passos irão me levar
nem se minhas pernas terão força para dar um próximo passo
que gostoso não ter nada a aprender
que gostoso não ter nada a ensinar
que gostoso não ter certezas
que gostoso não ter dúvidas
que gostoso não enxergar, não sentir
que gostoso não gritar
que gostoso não silenciar
que gostoso não querer
que gostoso não gostar
que gostoso não ir
que gostoso não voltar
que gostoso não morrer
que gostoso não viver