iq8v014

Encontrei alguém que vale um tico de pena ontem: aqui.

O sujeito chama-se Claudio Tognolli, de quem nunca tinha ouvido falar.

Por coincidência, o primeiro vídeo que assisti fala da bobagem que é separar a política em esquerda e direita. É dos meus, exultei ei ei.

Abri outro, fui vendo. Esse cara é bom, me alegrei. Cultura, independência ideológica, coragem de dizer o que tem de ser dito. Finalmente um oásis no imenso lixão internáutico.

Sem aviso (hehehe), o sujeito se gaba de quantos livros tem na biblioteca.

Mais avante, se enche de orgulho do apê nos Jardins, "próprio", faz questão de frisar.

What de fuck? De repente tudo desanda numa exibição frívola de currículo e êxitos e historiazinhas jossoáricas.

Pensava ter encontrado alguém que valesse um tico de pena ontem. Onde? Nowhere.

Época besta, esta ta tá. Mesmo os mais inteligentes se acham deuses por terem um público, diminuto que seja, e partem para o egocentrismo mais descarado e nauseabundo. 

Isso que dá quando os pequenos tentam se inebriar de grandeza.